Renovo

Photo by Leon Biss
Manquinha era calma, atrapalhada quando andava, mas produzia muito leite. Era ordenhada três vezes ao dia e já não se vencia estocar a produção de manteiga e queijo, tendo que distribui-los aos vizinhos do rancho. Logo, seus produtos ganharam fama e passaram a ser comercializados na cidade, sob encomenda. Com a renda, os sitiantes puderam comprar outra vaca, alguns galões e iniciaram um pequeno negócio de entrega de leite em casas.

A vida começou a melhorar, mas ela já não tinha um brilho no olhar. Já se passavam dois anos desde a morte do seu segundo bebê e o marido ainda a encontrava todas as manhãs de joelhos, ao lado da cama, com lágrimas na face.

Dizem mesmo que o luto demora a passar...

Naquela manhã, porém, ele percebeu uma mudança no ar. Ela tinha acordado mais cedo do que de costume e já tinha ordenhado a Manquinha. Havia um cheiro bom de café no coador de pano e ela estava recostada na poltrona num sono tranquilo. Ao seu lado a Bíblia aberta no profeta Isaías:

"Esqueçam o que se foi, não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho, e riachos no ermo."

Comentários

  1. Já passei pela história da perda e já vivi e ainda vivo o RENOVO na minha vida! Sinto que Deus cuida de mim a cada instante e este versículo falou também ao meu coração.. Sônia você tem um dom maravilhoso para escrever.. continue, porque está sendo maravilhoso.. Beijos. CLAUDIA!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas