Pão com Leite

A nova cidade ficava num vale. cercada de morros íngremes por todos os lados. A nova casa, próxima à fábrica de adubos, era bem grande, com boa vizinhança.

O padeiro do bairro costumava passar de manhã, entregando pão e leite nas portas das casas. Ele mantinha uma caderneta para cada família que só ia acertar as contas no final do mês.

Os meninos, um com 12 outro com 7,  estudavam de manhã em escolas diferentes. As meninas agora já brincavam juntas com as vizinhas, também irmãs, que moravam na casa ao lado.

Logo cedo elas se encontravam ora numa casa, ora noutra, trazendo cada uma a sua boneca. No faz de conta faziam chá, festa de aniversário, de casamento, e trocavam entre si as roupas das "Susis"que possuíam e que acabavam ganhando nomes diferentes para não confundir... Brincavam também de pique-esconde, pique-alto e pique-escuro.

Certa vez, descobriram que uns vizinhos tinham se mudado e esqueceram de avisar o padeiro, que havia deixado a encomenda costumeira na porta da casa vazia. Elas não resistiram à tentação. Era uma aventura apanhar escondido o pão e o leite para depois usá-los nas festas e pic-nics de brincadeira.

Ainda bem que já era quase fim do mês quando isso aconteceu, pois levou quase uma semana para o padeiro saber que seus clientes não moravam mais ali.

Comentários

Postagens mais visitadas